Por favor indique-nos qual a melhor forma de entrar em contacto consigo


Por favor indique-nos qual a melhor forma de entrar em contacto consigo


Crédito Consolidado: O que é? Para que serve?

Crédito consolidado. O que é? Para que serve?

Crédito Consolidado: O que é? Para que serve?

O crédito consolidado é uma solução financeira que pode ser utilizada para reduzir as suas mensalidades com créditos, por vezes até 60% e, consequentemente, conseguir uma folga financeira extra no final de cada mês. Esta é uma solução relativamente eficaz para combater rapidamente o sobre-endividamento, em especial para as pessoas que têm um número elevado de créditos, especialmente cartões e linhas de crédito e não têm qualquer folga financeira mensal.

 

Com esta solução, junta toda a sua dívida num determinado momento (crédito automóvel, crédito pessoal e cartões de créditos) num único novo crédito (consolidado) com prazo e taxa fixa, beneficiando assim de melhores condições contratuais, uma única prestação, prazos eventualmente mais alargados e a consequente folga financeira ao final de cada mês!

 

Ao contratar este novo crédito todas as responsabilidades atuais do cliente são liquidadas, criando um único com uma mensalidade mais baixa. Por exemplo, se antes pagava 1.500€ por mês pela totalidade das prestações dos seus créditos, com uma redução máxima de 60% passaria a pagar 900€ por mês num único crédito consolidado.

 

Principais vantagens da consolidação

 

O crédito consolidado é uma solução vantajosa para muitas pessoas ou agregados familiares. Confira as principais vantagens:

 

  • Poupança mensal + Reequilíbrio do orçamento mensal

Quando consolida os seus créditos vai conseguir reduzir o valor mensal a pagar, pelo que vai poder contar com uma folga mensal de dinheiro que deve aproveitar para constituir o seu fundo de emergência para que de futuro possa fazer face a despesas imprevistas, ao invés de se voltar a endividar pedindo dinheiro ao banco. O nosso conselho é que faça um bom planeamento com o dinheiro que sobra para que possa evitar uma nova situação de sufoco financeiro.

 

  • Taxa de juro mais aliciantes + Uma única prestação mensal

Em vez de ter vários créditos, várias taxas e comissões a caírem na sua conta em vários dias do mês, ao consolidar os seus créditos passa a ter apenas um único pagamento mensal a uma única entidade credora. Mas mais importante, a taxa de juro final do crédito consolidado é, normalmente, mais baixa do que a média das taxas de juros de todos os créditos, ou mesmo muito mais baixa se já tiver um crédito à habitação e quiser tirar partido da sua hipoteca. Se for este o caso contacte a One Key Crédito que nós explicamos melhor como pode funcionar o processo.

 

  • Realizar os seus sonhos ou projetos

Após constituir o seu fundo de emergência, (6 a 12 meses o valor da sua despesa mensal), e porque a vida não tem de ser só sacrifício, pode também usar o dinheiro que sobra para concretizar algum sonho antigo, umas férias, formação ou até mesmo um projeto profissional pessoal, que lhe possa trazer mais rendimento no futuro. Lembre-se que não existe mal em tirar prazer do nosso dinheiro, desde que seja ponderado e tal não interfira com o seu bem-estar económico ou do seu agregado familiar.

 

Mas, o crédito consolidado tem desvantagens?

 

Tal como outros produtos financeiros, também o crédito consolidado pode ter os seus pontos menos positivos. Se está a pensar contrair um crédito consolidado, faça uma reflexão prévia e tome nota dos pontos em baixo:

 

  • Mais financiamento!

Com mais financiamento vem mais responsabilidade também. Uma vez que irá reduzir a sua taxa de esforço ao consolidar, deve sempre ter em mente uma atitude consciente relativamente à folga mensal que vai usufruir. Aproveite para fazer uma poupança ou constituir o fundo de emergência, ao invés de realizar despesas desnecessárias. Não cede a tentações.

 

  • O aumento dos prazos e dos juros

Para poder usufruir de prestações mais baixas, o prazo do crédito consolidado pode ter prazos de pagamento mais alargados, normalmente de 7 anos (ou maiores prazos se pretender efetuar uma 2ª hipoteca da sua habitação). Por isso, em alguns casos no final, o crédito poderá sair-lhe mais caro, porque vai pagar mais juros, ao longo de mais tempo.

 

  • Cartões de crédito

Muita atenção à dívida do ou dos seus cartões de crédito! É dinheiro que não tem pelo que não deve usá-los mais se avançar para um processo de consolidação de dívida. Aliás, para as contas de um novo crédito consolidado deve entrar também a dívida que tenha nos seus cartões de crédito ou até mesmo os saldos negativos de contas ordenado. Assim, nesta fase, não utilize mais os cartões de crédito, os cartões de superfícies comerciais e outros similares.

 

  • Impedimento ou acesso limitado

Se deixar arrastar muito a sua situação e entrar em incumprimento, pode depois não conseguir aprovação ao seu crédito consolidado. Nestas circunstâncias, a alternativa é renegociar com os bancos as condições de pagamento dos seus vários créditos.

 

Caso esteja verdadeiramente comprometido em melhorar a sua vida financeira e for disciplinado, estas desvantagens na realidade não lhe causarão qualquer problema.

 

Se tem diversos créditos com condições diversas e várias taxas e impostos a serem cobrados mensalmente recomendamos que faça uma simulação de quanto pode poupar com um processo de consolidação. Pode pedir uma simulação à One Key Crédito, sem custos nem compromissos.

 

QUERO UMA SIMULAÇÃO